Informações

Informações

* 04 de Setembro – Brazilian Day 2016 in New York

* 25 quarteirões de alegria

32 anos celebrando o Brasil e os brasileiros

Há 32 anos promovemos o Dia do Brasil em Nova York, desde 1984, na rua 46, também conhecida como Little Brazil, com a 6ª Avenida, O Dia do Brasil ocupa hoje 25 quarteirões.

O festival começou com um pequeno grupo de brasileiros que queriam celebrar o dia da independência. Desde então, tornou-se tradicional em New York, e é hoje considerado o maior evento étnico de Manhattan, atraindo um público multicultural, representando as várias camadas sócio-econômica e culturais de todas as partes dos Estados Unidos.

Em 2012, de acordo com dados do Departamento de Polícia de Nova York, 1.5 milhão de pessoas vieram ao Dia do Brasil, lotando a área durante todo o dia. O Dia do Brasil é hoje um dos maiores eventos de rua de Nova York e o maior evento brasileiro fora do Brasil.

Os promotores do Dia do Brasil, o jornal The Brasilians e o BACC (Brazilian-American Cultural Center), com apoio da TV Globo Internacional, esperam para 2014 uma multidão ainda maior para a celebração.

O Dia do Brasil não é somente um festival celebratório, mas transformou-se também no grande celeiro da identidade e das comunidades brasileiras. É neste dia que brasileiros, vindos de todos os cantos dos EUA se reúnem, tornando-se visíveis, atingíveis, unidos na alegria de exibir o orgulho de ser brasileiro e viver a sensação, longínqua, de pertencer a uma grande família.

Em New York e na área dos três estados, vive uma comunidade brasileira estimada em meio milhão de pessoas. É uma comunidade sólida e estável, composta das classes trabalhadora e executiva, com um pequeno número de novos imigrantes.

O evento também atrai um público diversificado, de americanos e residentes multiculturais interessados no Brasil, ou simplesmente curiosos, alem dos turistas de diversos países levados pela beleza do dia.

O Dia do Brasil em Nova York cresce a cada ano.

Celebrando o Dia da Independência, celebra-se de fato, a presença brasileira nos EUA, do expatriado, muitas vezes sem nome nem número, que veio trabalhar e daqui sustenta família deixada no Brasil, contribuindo para o crescimento do país para o qual, um dia, pretende voltar.

O festival reforça a identidade do brasileiro e oferece uma imagem positiva do Brasil. A primeira providência do expatriado, ao se legalizar nos EUA, é voltar ao Brasil para rever família e amigos. Ele também se transforma em um grande turista em potencial, com orgulho descobrindo os quatro cantos do país.

O evento é promovido pela mídia principal em Nova York e transmitido ao vivo para 68 países do mundo pela Rede Globo Internacional.

A comunidade brasileira – Perfil

A maior comunidade brasileira nos EUA é de Nova York, na área dos três estados, (New York, New Jersey e Connecticut), com um total geral estimado em cerca de meio milhão. A comunidade é sólida e estável, com classe trabalhadora atuante, com negócios de toda ordem, mostrando um pequeno segmento de imigrantes recentes, todos com fortes laços familiares e interesses comerciais no Brasil.

O evento também atrai americanos e uma audiência multicultural interessados no Brasil e sua cultura. Não há registro oficial da quantidade de brasileiros que hoje vive no país. Entretanto, a ONG Brazil Information Center (BIC), localizada em Washington DC, recentemente estimou a população brasileira nos E.U.A em mais de um milhão de pessoas.

De acordo com o BIC, existem pelo menos 500 mil brasileiros na área dos três estados, 100 mil deles situados em Queens, NY.

O Dia do Brasil hoje consta do calendário oficial da cidade e, com o passar dos anos, tornou-se um dos mais importantes acontecimentos étnicos, figurando em nível de importância e prestígio entre as concorridas paradas da Quinta Avenida.